calldocumentfacebookmessagemypartnerwindowsapplegoogleplayworkerroutecoinspinterestplaysearchsmartphonetwittercaraccordeonvideoarrowarrowdownloaddownloaduploadsection_scrollerglobemapIcon-Shop-Websitecontactenergyhomebridgeshighrisetunnelmininghousearrow-uparrow-downarrow-leftarrow-leftarrow-circle-rightchevron-right-circleuserexternlinkclose
Concordo que este website use cookies para análises e conteúdo personalizado. Saiba maisOK
Concordo que este website use cookies para análises e conteúdo personalizado. Saiba maisOK

Doka na Transposição do Rio São Francisco

18.07.2013 | Notícias
Com suas soluções de Contraforte, Fôrma Top50 e Fôrma modulada Frami Xlife a Doka oferece ganhos de produtividade e rentabilidade na construção do trecho no Canal do Sertão Alagoano.
No mercado desde 1976, a Construtora OAS assumiu mais um importante projeto com foco no desenvolvimento e melhoria da infraestrutura do País. A construção do Canal do Sertão Alagoano, com extensão de mais de 28 quilômetros é uma das etapas a serem vencidas na complexa tarefa de transposição das águas do “Velho Chico”.

Iniciada em Fevereiro de 2012 com previsão de término em Novembro de 2014, o trecho com captação na cidade de Paulo Afonso, na Bahia e destino final em Arapiraca, maior cidade do interior Alagoano, oferece desafios que somente a escolha correta dos parceiros para a execução da obra poderia superar.

A Superação do Desafio.


Inicialmente, por estar em uma região rochosa, com taludes muito íngremes, optou-se por um sistema deslizante, sendo que a área só permite fôrma em uma única face da parede. Porém, a produtividade ficou aquém da esperada, sendo necessária a busca de uma alternativa, onde a única solução viável, com melhor relação custo benefício, foi oferecida pela Doka.

Com maior produtividade e redução de cronograma, a utilização do Contraforte, aliado a Fôrma modulada Frami Xlife e a Fôrma Top50 trouxe algo novo, que não estava disponível no mercado local, possibilitando a execução do Canal Retangular com paredes com altura de 3,60 a 5,10m em uma só etapa de concretagem com o desafio adicional de fôrma de uma só face sem ancoragem, possível apenas devido a essa solução e fixação com as barras de ancoragem perdidas da laje de fundo. A solução também permitiu a concretagem das paredes de maneira defasada, obedecendo as juntas de dilatação e acesso.

Em toda extensão do canal temos sifão em aço, túneis, canais retangulares, comportas, travessias e bueiros. A otimização da produção deu-se através da utilização da escavadeira hidráulica, como meio de deslocamento das fôrmas, já que o local confinado e de difícil acesso, chega a uma profundidade de até 25 metros.

As Soluções Doka utilizadas.


Para superar as dificuldades impostas pela complexidade da obra, a Doka ofereceu sua tecnologia de Contrafortes que permite a absorção segura das forças de concretagem por meio de ancoragens inclinadas, onde os painéis de fôrma de parede não são ancorados através do concreto. Graças ao rápido reposicionamento, essa solução permite ao projeto maior economia de tempo e custos. Além disso, a adaptação é flexível com várias possibilidades de combinação e ainda mantendo-se a máxima segurança no trabalho com os sistemas de acesso e plataforma.

Também presente no projeto, a Fôrma Top 50 foi decisiva na operação devido a sua alta adaptação a qualquer necessidade: formato, tamanho, modelo, posicionamento das ancoragens e as chapas dos painéis são ajustados mantendo-se a máxima segurança no trabalho, na execução e nos custos. Mesmo em estruturas com paredes inclinadas e curvas, a Fôrma Top 50 se adapta perfeitamente ao formato e à pressão do concreto.

A utilização da Fôrma modulada Frami Xlife deu contribuição relevante com seu sistema modular, onde com apenas alguns painéis é obtida uma modulação consistente de 15 cm, seja na vertical ou horizontal. Sua mais importante característica é a integração perfeita de todos os elementos de conexão e acessórios, garantindo elevada rentabilidade e agilidade. Outras qualidades são o fácil manuseio e planejamento em função do sistema de modulação e os excelentes resultados do concreto.


Resultados concretos gerando a satisfação do cliente.


A dedicação e a parceria estabelecida junto a construtora OAS, transformaram um grande desafio em um projeto de sucesso. Segundo as palavras do Engenheiro de Produção da OAS, o Sr. Emmanuel Ferreira, fica fácil entender o resultado obtido: “Com o sistema convencional tínhamos a concretagem de 3 paredes por semana, já com o sistema Doka passamos a atingir 7 paredes, com um ganho real de produtividade, sem comprometer a segurança e integridade dos funcionários.”.

Graças a essa eficácia na aplicação de suas soluções no trecho inicial, a Doka também conquistou a possibilidade de ampliar a sua atuação junto a OAS, obtendo o contrato para a construção de outros trechos do Canal do Sertão Alagoano, colaborando de forma direta para a realização de uma das maiores aspirações do povo do Nordeste brasileiro, a transposição do Rio São Francisco.






Também poderá estar interessado em:

Muskrat Falls - Doka como parceiro para o maior projeto de construção no Canadá

07/09/2014 | Imprensa

Doka participa da ampliação do Swissotel na capital Peruana.

12.05.2014 | Notícias

Tem alguma dúvida sobre este artigo? Contacte-nos!

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.
* Preencha todos os campos.
Não foi possível enviar a mensagem, tente novamente dentro de momentos!
Muito obrigado pela sua consulta na Doka!

Nos ocuparemos dela tão rápido quanto possível.