calldocumentfacebookmessagemypartnerwindowsapplegoogleplayworkerroutecoinspinterestplaysearchsmartphonetwittercaraccordeonvideoarrowarrowdownloaddownloaduploadsection_scrollerglobemapIcon-Shop-Websitecontactenergyhomebridgeshighrisetunnelmininghousearrow-uparrow-downarrow-leftarrow-leftarrow-circle-rightchevron-right-circleuserexternlinkclose
Concordo que este website use cookies para análises e conteúdo personalizado. Saiba maisOK
Concordo que este website use cookies para análises e conteúdo personalizado. Saiba maisOK

Barragem El Zapotillo beneficiará 2, 3 milhões de pessoas

24.03.2014 | Notícias
No México, grande obra de engenharia no Rio Verde levará água potável para 13 Municípios.
A barragem de Zapotillo é uma obra que está localizada a 100 km de Guadalajara, no rio Verde, em Jalisco, no México. Este projeto é responsável pela construção da barragem de armazenamento para o fornecimento de água potável que deverá beneficiar 2,3 milhões de pessoas em 13 municípios do Altos de Jalisco.

A obra que está sendo desenvolvida na barragem é do tipo de gravidade, ou seja, é constituída por um paredão de concreto compactado que resiste à impulsão da água devido ao seu próprio peso e transmite todas as forças absorvidas ao solo. Iniciada em outubro de 2009 tem previsão de conclusão em janeiro de 2015 ao custo estimado de 180 milhões de Euros e está sendo gerenciada pela empresa “Constructores del Zapotillo S.A.”.

O reservatório terá uma área de 4.200 hectares e uma capacidade de armazenamento de 911m³. O projeto é totalmente sustentável e torna possível a combinação do uso das águas superficiais do rio com o uso mínimo de recursos de aquífero, permitindo assim a recuperação do reservatório.

Planejamento e parceria na superação dos desafios

O projeto da obra consiste na contrução de um desvio da seção do canal que terá uma parede de 8 metros de altura e 1m de espessura de concreto. Trata-se de uma estrutura de contenção em Concreto Compactado com Rolo (CCR) em conjunto com o Concreto Convencional Vibrado (CCV). Além disso, também abrange duas torres, sete comportas e a central hidráulica.

Entre as maiores dificuldades encontradas para o desenvolvimento do projeto sem prejuízo dos seus prazos e custos estão o próprio fornecimento de concreto que, devido a localização afastada da obra torna difícil o acesso aos seus agregados. Outro fator importante são as condições metereológicas da região que reduzem de forma significativa a produtividade.

Por tratar-se basicamente de edificações onde o acabamento em toda a parede de contenção é o próprio concreto aparente, houve maior preocupação com a qualidade que os sistemas de fôrmas do fornecedor poderia alcançar nesse quesito. Assim, este foi um dos diferenciais da Doka para a obtenção do contrato.

Aliados aos custos, que foram definidos de acordo com o planejamento realizado para a obra, outros itens foram decisivos na escolha realizada através de licitação. Entre eles, o fato do sistema da Doka ser mais leve e de fácil manuseio, além de todo o treinamento e assessoria técnica para os sistemas na própria obra.

Sinergia na escolha das melhores soluções

O grande projeto de construção da represa de El Zapotillo apresentou a necessidade de utilização em quantidade e variedade de equipamentos. O planejamento próximo ao cliente trouxe sinergia entre as equipes aumentando a produtividade e eficiência no andamento dos trabalhos.

Para a edificação das cortinas, a solução que apresentou a melhor performance devido ao número de utilizações das chapas e ao custo do projeto, foi a utilização conjunta da Fôrma Top 50 com a Fôrma trepante MF240. Foram disponibilizados 10 jogos de 10 metros para a cortina central e outros 13 jogos de 10 metros incluídos no comprimento da cortina.

A Fôrma Top 50 ideal para as grandes superficies é de utilização universal em relação as demais fôrmas e todos os tipos de cargas. Vários itens podem ser adaptados a qualquer necessidade, como formato, tamanho, posicionamento das ancoragens e as chapas dos painéis. Outras importantes características são a segurança na execução dos trabalhos, a agilidade, menor peso e instalação simples.

A Fôrma trepante MF240 que entre seus benefícios apresenta a versatilidade que permite ciclos de trabalho regulares em vários tipos de estruturas, tais como as da represa de El Zapotillo. O sistema é de fácil manuseio proporcionando economia de tempo e recursos devido a montagens e desmontagens mais simples. O item segurança é também um ponto forte do sistema MF240 que possibilita com as escadas integradas, subidas e descidas seguras entre as plataformas.

Na edificação do canal de desvio, foi utilizada a Fôrma modulada Framax Xlife, que obteve ótimos resultados. Com elevado rendimento, ela diminui o volume da montagem e torna o trabalho mais rápido. Fatores como elevado número de utilizações, longa vida útil e redução do uso de gruas tornam a produtividade maior, reduzindo custos e mantendo excelentes resultados com o acabamento perfeito do concreto.

Para todas as estuturas edificadas, foi de vital importância a assessoria da equipe Doka, que com base nas experiências anteriores e especificiações técnicas conseguiram agregar benefícios e produtividade ao projeto, como rapidez, segurança e eficiência.

Em todas as fases a satisfação com a parceria Doka

O cliente demonstrou especial satisfação com o andamento dos serviços. A boa comunicação entre as equipes e total disponibilidade da Doka, que está sempre pronta para atender os casos de urgência na obra. Prova disso foi a atenção para a imediata substituição de peças danificadas ou desgastadas que eventualmente ocorriam.

A análise da utilização das estuturas da Doka no projeto é entendida como um trabalho que foi rápido devido a funcionalidade e fácil adaptação das estruturas, seguro e eficiente durante o processo de montagem e desmontagem de todas as soluções.

Segundo o responsável pela obra, um dos pontos fortes de toda a parceira foi a assessoria e consultoria fornecidas pela Doka em todas as etapas do projeto. Este item, juntamente com o uso do conjunto de soluções trouxe a seguinte percepção ao engenheiro Jesús E. Vera Wong da CDZ: “Um custo adequado para a obra, considerando sua tecnologia e facilidade de utilização”.

Também poderá estar interessado em:

Muskrat Falls - Doka como parceiro para o maior projeto de construção no Canadá

07/09/2014 | Imprensa

Doka participa da ampliação do Swissotel na capital Peruana.

12.05.2014 | Notícias

Tem alguma dúvida sobre este artigo? Contacte-nos!

Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório.
* Preencha todos os campos.
Não foi possível enviar a mensagem, tente novamente dentro de momentos!
Muito obrigado pela sua consulta na Doka!

Nos ocuparemos dela tão rápido quanto possível.